Cidade do Cabo para aventureiros: Table Mountain e Lions Head

Conheça as duas montanhas mais famosas da África do Sul e saiba como subi-las a pé para ver algumas das vistas mais lindas do mundo.

Cidade do Cabo para aventureiros: Table Mountain e Lions Head

Se você busca por um destino barato para as suas próximas férias e tem uma queda por aventuras, então você precisa conhecer a Cidade do Cabo. Localizada na costa sudoeste da África do Sul, é o segundo maior núcleo econômico do país, ficando apenas atrás de Johanesburgo. Mistura, portanto, uma infraestrutura de tirar o chapéu com cenários lindos. Inclusive, essa mistura entre praia e cidade lembra bastante o nosso Rio de Janeiro.

A cidade banhada pelo Oceano Pacífico possui diferentes opções de trilhas e pontos para a prática de esportes radicais. Por conta de suas cadeias rochosas, é sem dúvidas, um dos melhores destinos para andarilhos e amantes da natureza. Os dois grandes destaques são as famosas montanhas Table Mountain e Lion’s Head. Confira abaixo quais são as melhores formas de subir ambas a pé.

Table Mountain

Table Mountain (Imagem: Unsplash/Lucas Metz)

Com 1084,6 metros de altitude e extensão de 3 km, a montanha Table Mountain é a grande protagonista da Cidade do Cabo, considerada uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo. Ela se faz presente em praticamente qualquer ponto de vista da cidade. O nome surgiu a partir do seu cume plano, que lembra a superfície de uma mesa. Ela é rodeada pelo parque nacional que leva o mesmo nome e seu topo pode ser acessado tanto a pé e de graça, quanto através de um telérico rotativo chamado Cableway, cujo ticket de ida e volta custa cerca de R$ 80,00.

Para ir a pé basta você pegar um transporte público ou privado até a base da Table Mountain. A partir de lá existem 5 possíveis trilhas com intensidades e dificuldades diferentes. Fique atento: a mais fácil se chama Platteklip Gorge, e a mais difícil é a India Venster. Para subir pela primeira você levará cerca de 3 horas em uma espécie de escada de pedras e terra. O trajeto é bem sinalizado e segue próximo ao teleférico.

Mas quem quer mesmo uma dose de adrenalina a trilha India Venster é ideal. Ela é sinalizada com pés pintados de amarelo nas pedras, que te ajudam a subir da forma mais segura. Apesar de ser uma trilha considerada possível para pessoas inexperientes é preciso ter cuidado e bastante atenção nesse trajeto. O ideal é sempre ir acompanhado.

Já no topo da Table Mountain você encontra alguns dos cenários mais deslumbrantes do mundo e, provavelmente, uma horda de turistas, pois é onde o Cable Way desembarca. Há também um café, onde você pode sentar para recuperar as energias, e guias turísticos que podem te explicar um pouco sobre as características geográficas locais.

Dica: é de extrema importância checar o clima antes de subir a Table Mountain a pé, uma vez que vento e chuva podem tornar o caminho escorregadio e instável, além de comprometer a visibilidade. Se o tempo começar a virar, o que pode acontecer em poucos minutos, a regra é começar a descer imediatamente. O Cable Way inclusive não funciona em dias de muito vento, e olha que na Cidade do Cabo venta bastante. Isso também vale para a subida da Lions Head. 

Lions Head

Lion's Head (Imagem: Unsplash)

A Lion’s Head é um outro passeio imperdível dentro do Parque Nacional Table Mountain. Ela foi batizada assim, pois seu pico de 627 metros de altitude lembra a cabeça de um leão. A trilha principal, que parte da base da montanha, não tem muito erro. Esse trajeto oferece um visual com diferentes ângulos, uma vez que você contorna até o topo. De lá se tem uma das vistas mais privilegiadas da Table Mountain. De um outro ângulo, a formação rochosa revela 17 picos, chamado de 12 Apostles. Do nível do mar essa face da Table Mountain só pode ser vista da praia de Camps Bay. É de tirar o fôlego.

 A trilha para subir no topo da Lion’s Head também é bem sinalizada e tem um grau de dificuldade moderado na maioria do trajeto, que só aumenta ao chegar mais próximo do topo. A partir de certo ponto, é necessário até mesmo demonstrar as habilidades de escalada para subir alguns pedaços mais íngremes. Se já não houver mais forças, não se sinta mal em desistir, desse ponto você com certeza já terá visto alguns dos melhores cenários que o passeio proporciona.

Para os mais destemidos, é possível contratar um voo de asa-delta logo no início da trilha. O pulo acontece mais ou menos no meio do trajeto e, após sobrevoar o parque, o pouco acontece na praia de Camp’s Bay.

O tempo de subida até o topo da cabeça do Leão depende muito de cada um, mas não deve levar mais do que duas horas. Não precisa nem dizer que é importante ir com roupas e sapatos adequados e ir preparado para a subida, certo?

Gostou? Então busque agora mesmo opções de passagens, aluguel de carro e hotéis para aproveitar sua estadia na Cidade do Cabo.

What's Your Reaction?

like
1
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0