O que fazer em Paraty? Roteiro completo para descobrir a cidade

Paraty é um dos daqueles destinos capazes de agradar todo mundo. Com praias, cachoeiras, história e uma arquitetura belissimas, a pequena cidade vale a pena ser visitada.

O que fazer em Paraty? Roteiro completo para descobrir a cidade

Você pode até pensar que Paraty é o destino perfeito para uma viagem romântica tranquila e que pode ser feita em um fim de semana, mas vamos mostrar agora que essa cidade litorânea merece mais dedicação.

Isso não quer dizer que você não vai conseguir aproveitar a região em dois dias, mas o ideal para conhecer os segredos de Paraty são 5 dias.

 

História

Imagem: Abril Viagem e Turismo

Paraty é uma região histórica, com uma arquitetura encantadora e está repleta de praias lindíssimas.

Considerado pela UNESCO o conjunto arquitetônico colonial mais harmonioso do país, Paraty é um patrimônio nacional com um centro histórico rico em detalhes, que estampa a história da cidade que nasceu em 1667. Por muito tempo, Paraty teve extrema importância econômica, por seus vastos engenhos de cana de açúcar.

Os minérios que saiam de Minas Gerais eram transportados para Portugal pelo porto de Paraty, mas com a ascensão central do Rio de Janeiro e a construção da Estrada Real no século XVIII, a cidade perdeu esse contexto e acabou se tornando o ponto turístico que conhcemos hoje.

O que sobrou foram as lindas construções antigas, os pedregulhos que recheiam as ruas da cidade - famosos e mais conhecidos como "pés-de-muleque", as igrejas de época e a aclamada Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, padroeira de Paraty.

Roteiro em Paraty

Na hora de planejar a sua viagem à Paraty, não se esqueça de verificar quais são os melhores meses para visitar a cidade e se eles se adequam a sua disponibilidade. Setembro, outubro e novembro são as melhores opções, mesmo ainda não estando no verão, já que o clima é quente, o mar está com uma temperatura muito agradável, os dias são lindos e chove menos em comparação com o verão, principalmente nos meses de dezembro e janeiro.

Depois de escolher o mês, é hora de começar a desenhar o seu roteiro dia a dia. Sim, Paraty é uma cidade pequena, mas cheia de encantos e, por isso, planejamento é tudo para não deixar nenhum detalhe para trás.

Dia 1 - Centro histórico
Imagem: Esse mundo é nosso

Destacamos a visita ao centro histórico logo no primeiro dia, porque ao chegar em Paraty você vai querer tirar centenas de fotos e conhecer cada pedacinho da história desse lugar. Com a ansiedade a mil esse é o primeiro passeio indicado na cidade.

Passe pelo centro de informações turísticas e pegue um mapa. Nele, você também consegue acessar algumas informações interessantes da cidade.

Nesse primeiro dia, passe pela Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, pela Igreja de Nossa Senhora das Dores, pela Igreja da Matriz e pelo Largo de Santa Rita, que hoje é um museu de arte sacra de frente para o porto: sinal de fotos incríveis e uma vista de tirar o fôlego.

Aproveite este dia também para conhecer alguns casarões antigos onde funcionavam, por exemplo, a cadeia pública da época.

Dia 2 - Praias
Imagem: Praia do Pontal - Zarpo

Afinal, nem só de história vive Paraty. A cidade conta com cerca de 60 praias, mas neste segundo dia você pode optar por não se afastar muito do centro, ficando nas praias do Pontal e do Jabaquara. Elas são mais movimentadas, porém nos meses de baixa temporada é possível aproveitá-las sem nenhum problema.

Quem curte ondas não vai gostar muito dessas duas praias, pois as águas são bem calmas, com árvores grandes que conferem sombras maravilhosas e faixa de areia bem extensa.

Já quem gosta de alguns esportes náuticos, como canoagem e stand up vai adorar passar o dia nessas praias. Há locais que alugam os equipamentos e até que dão aulas para iniciantes.

Dia 3 - Centro histórico - 2º passeio

Paraty é uma cidade que não permite a circulação de carros, então para conhecer tudo sem esgotar as energias, é muito importante reservar dois dias para ver todo o centro histórico.

Neste dia, você pode começar pela casa do príncipe João de Orleans e Bragança e seguir por um passeio pela orla do rio Perequê-açu, onde você vai encontrar várias pousadas e restaurantes bacanas para almoçar e curtir a vista.

Dia 4 - Praias para ir de carro
Imagem: Trindade - Por Aí de Barraca

Chegou o dia de conhecer praias mais paradisíacas e também afastadas. A região de Trindade tem ótimas opções, fica a 25 km do centro de Paraty e você pode ir de carro até lá, inclusive, uma boa opção é alugar um carro. 

As praias mais famosas de Trindade são Praia Brava, Cachadaço e Cepilho. Você precisa estacionar o carro em uma área designada e caminhar um pouco até as praias, mas todo o percurso vale muito a pena. Além das praias, Cachadaço conta com uma piscina natural também, muito procurada pelos turistas. Você pode chegar nela de barco ou por uma trilha - indicada apenas para quem tem pique e não tem dificuldades de locomoção, já que o tempo de percurso é de aproximadamente uma hora e um tanto quanto montanhoso. A ida de barco custa R$ 30 por pessoa.

Já entre as cachoeiras mais famosas, algumas exigem o pagamento de taxas para acesso, por estarem em propriedades privadas, como é o caso da Cachoeira do Iriri e da Cachoeira da Pedra Branca, mas em sua maioria elas estão localizadas na estrada Paraty-Cunha e tem livre acesso. As mais concorridas são a Cachoeira do Tobogã e do Taquari.

Mas é em Trindade que está localizada a principal delas, a Cachoeira dos Codós com a Pedra do Engole. Os turistas amam essa atração natural em que a vazão da cachoeira cai por dentro de uma pedra que leva até uma área subterrânea.

5 - Praias para ir de barco
Imagem: Mamanguá - Aquariuslife

A opção mais indicada para ir de barco é a região de Mamanguá, que fica a cerca de 20 km de Paraty, em Paraty-Mirim.

O Saco do Mamanguá tem uma área belíssima de mangue, repleta de natureza e preservação ambiental. O passeio pelo mangue pode ser feito de canoa ou embarcações não motorizadas.

Mamanguá tem 33 praias no total e ainda oferece a vista perfeita do Pão de Açúcar, que você pode acessar pela trilha do Pico do Mamanguá. O trajeto leva cerca de 1h20 e é bem íngreme, mas o resultado é único e encantador.

Bares, restaurantes e alambiques
Imagem: Monique Renne

Paraty também é famosa por oferecer opções deliciosas de restaurantes que vale incluir no seu roteiro. A cidade oferece desde restaurantes requintados a modelos por quilo que são muito bons, como o Sabor da Terra, na avenida Roberto Silveira, e o Fronteiras.

O famoso Bem Brasil também é delicioso e tem aquela carinha de restaurante de época. Ele fica na praça do Chafariz e oferece a tão comentada "Asinha do Avesso", uma asa de frango frito, recheada com bacon e mandioquinha.

O Banana da Terra também e muito procurado por turistas, principalmente por utilizar ingredientes bem naturais nas receitas. Ele fica bem no centro histórico, então é a opção perfeita para jantar no primeiro dia em Paraty.

Para quem procura um jantar mais animado, vai gostar do Casa Coupê, que também fica no centro histórico e oferece petiscos excelentes, acompanhados de uma cerveja bem gelada.

Já quem quer uma opção mais sofisticada, pode apostar no Le Gite D'Indaiatiba, que tem cachoeiras em sua área interna que também podem ser usadas pelos clientes. Tem um toque de comida francesa abrasileirada perfeita. Ele fica em Graúna.

E quem quer tomar aquele cafezinho delicioso depois do almoço, vai adorar conhecer o Margarida Café, que oferece refeições muito saborosas também. Ele fica no centro histórico.

Mas Paraty é famosa também por seus alambiques, pois a cidade já foi a maior produtora de cachaça do país. Alguns alambiques, como o Pedra Branca e o Engenho d'Ouro permitem visitas com guia.

O alambique Maria Izabel é um dos que ainda produzem a cachaça de forma artesanal e o melhor é que sempre dá para degustar ao final da visita.

O alambique Paratiana conta com o Museu da Cachaça, ideal para quem quer conhecer a história da bebida e detalhes de produção. É a opção perfeita para levar lembrancinhas da cidade.


Falando em lembrancinhas, Paraty está repleta de lojas de peças de artesanato bacanas, doces e temperos diferentes perfeitos para presentear e levar para casa. A cidade também tem ótimas opções de roupas de banho, toalhas, redes, chapéus de bonés, tudo pra te deixar com a cara de Paraty.

Agora que você já tem todas as dicas de onde passar os seus dias em Paraty, que tal marcar hoje mesmo a sua viagem? As melhores opções de hospedagem você pode conferir aqui.


 

What's Your Reaction?

like
1
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0