Quanto custa uma viagem para Bali?

Que tal apostar em um destino exótico, lindo e, de quebra, bem em conta? Então você precisa conhecer Bali, na Indonésia.

Quanto custa uma viagem para Bali?

Bali é um dos locais mais procurados pelos turistas que visitam a Indonésia, mas não é só pelas belezas que essa ilha encanta. A região é uma das mais baratas e das que oferece o melhor custo beneficio para os turistas.

Ao contrário do que muita gente pensa, Bali é uma região bem barata de visitar, principalmente pela desvalorização da moeda local, a rúpia indonésia. Hoje, por exemplo, uma rúpia custa R$ 3,35.

Na hora de começar a planejar os itens da sua viagem para Bali, é importante não se esquecer de incluir no orçamento os documentos, passagens e a quantidade de dias que você ficará na região, pois apesar dos gastos serem mais baratos, esses são os tópicos que vão decidir o total da viagem.

Documentos

Imagem: Civitatis

Brasileiros que pretendem viajar para Bali e pretendem permanecer por lá durante até 30 dias não precisam de visto. Se a ideia for passar mais de 30 dias, aí sim o visto é necessário, mas ele deve ser tirado diretamente lá, no aeroporto. O custo é de US$ 35 e precisa ser pago em dinheiro em espécie.

Além do visto, todo viajante precisa pagar uma taxa de saída do país que custa 200 mil rúpias. Outra informação importante: a passagem de volta já deve estar comprada, justamente pelo fato do país não exigir visto para os primeiros 30 dias.

Para ir para Bali você também vai precisar do seu certificado internacional de vacina contra febre amarela. Com tudo isso em mãos, você já pode ir para o próximo passo.

Passagens

Provavelmente é aqui que você terá mais gastos. A viagem, que leva em média 25 horas, partindo do Brasil, pode custar entre R$ 6 mil e R$ 10 mil, dependendo da temporada e da companhia aérea que vai disponibilizar uma quantidade específica de conexões.

Para facilitar o planejamento da sua viagem, você pode pesquisar as passagens aéreas aqui.

Atualmente, a Emirates e a Qatar são as únicas companhias aéreas que disponibilizam apenas uma conexão no voo.

Comprando a moeda
Imagem: Lugares Fantásticos

O mais indicado na hora de trocar o seu dinheiro para viajar para Bali é comprar o dólar americano e trocar diretamente no destino, nas casas de câmbio da cidade. Como já dissemos, a rúpia é uma moeda bem desvalorizada em relação ao real, ao dólar e a libra, mas como o dólar é a moeda mais comum no mundo, é melhor levar seu dinheiro em dólar para facilitar o câmbio.

É muito importante você levar uma boa parte de dinheiro em espécie, já que os comércios locais e mercados abertos não aceitam cartões, mas nos hotéis, restaurantes e lojas voltadas para turistas você pode utilizar cartão de crédito sem nenhum problema.

Hospedagem
Imagem: ViajaAli

Não diferente dos outros tópicos, a hospedagem em Bali também costuma sair mais barata, mesmo nos resorts mais famosos e concorridos.

Mas antes de pensar na hospedagem você precisa ver em qual região de Bali pretende ficar. A maioria dos comércios e dos bons hotéis fica do lado sul da ilha, principalmente Seminyak, Canggu e Uluwatu, onde também estão localizadas as praias mais bonitas de Bali.

Em Seminyak e Canggu a estrutura é muito melhor comparada a outras regiões de Bali e você vai encontrar opções bem diferenciadas de hotéis. Já em Uluwatu o que impressiona são os extremos: ou você encontra pousadas e hotéis super simples ou resorts super luxuosos. A escolha vai depender, é claro, do seu orçamento.

Alimentação
Imagem: Pinterest

A base da culinária na Indonésia costuma agradar brasileiros, já que a maioria dos pratos leva arroz. A culinária local também é amada por veganos e vegetarianos, já que costuma ter muitas opções sem carne e muitos dos pratos costuma levar tofu. Mas é importante você saber que na Indonésia quase tudo leva muita pimenta, então é preciso ficar atento aos cardápios.

Uma opção de restaurante e refeição muito famosa em Bali são os Warungs. Eles funcionam como uma espécie de self service, onde ficam expostos em uma prateleira de vidro e você só aponta para os pratos que deseja e então eles são servidos. O bacana aqui (ou não) é que esses pratos não são feitos na hora, então você pode dar a sorte de chegar e pegar uma opção fresquinha, que acabou de chegar na prateleira, ou pegar algo que já está lá há algumas horas. Cada prato nos warungs custa, em média, entre R$ 5 e R$ 8. Barato né?

Na região de Canggu você encontra opções mais ocidentais e um pouco mais caras também, que costumam ser servidas com bem menos pimenta. Em restaurantes mais confortáveis e famosos, como o Cocomo e o In the Raw, uma refeição pode ficar entre R$ 30 e R$ 50, então mesmo nos lugares mais luxuosos você não vai gastar tanto assim.

Transporte
Imagem: Em Busca do Desconhecido

Bali não oferece um pacote de serviços muito planejado. Para usar táxis pela cidade, por exemplo, você vai descobrir que a cada momento os motoristas cobram valores diferentes pelas viagens.

Com essa oscilação você pode se sentir lesado em alguns trajetos, mas só vai saber se pagou caro ou barato se alguém que trabalha ou mora em Bali te falar.

Não dá pra apostar em transporte público também, principalmente por essa falta de planejamento que já mencionamos. Uma boa saída para quem quer economizar é optar pelo aplicativo de transporte local, o Grab. Para se ter uma ideia, uma viagem do aeroporto para a região de Seminyak vai custar por volta de 100 mil rúpias, algo em torno de US$ 8.

Se você tiver coragem, e vale para entrar no clima dessa ilha, você pode alugar um carro ou uma scooter. Você vai perceber que esse e o principal meio de transporte deles. As scooters podem ser alugadas nos próprios hotéis e são bem baratas, ficando cerca de US$ 5 a diária. Para dirigir uma scooter ou alugá-la você não precisa apresentar e nem portar nenhum documento, mas precisa avaliar os riscos de escolher esse meio de transporte, já que o transito em Seminyak e Canguu é bem complicado.

O que fazer em Bali
Imagem: Passaporte sem fronteira

Bali é famosa por suas praias belíssimas, ilhas e arquipélagos que parecem ter sido desenhados, além dos templos e espaços de cultura milenar, muito exóticos e de tirar o fôlego.

Bali é uma das 14 mil ilhas da Indonésia e significa Wali - sacrifício oferecido ao Deus, em sânscrito. Além das paisagens naturais a culinária é muito apreciada, assim como os serviços de spa e momentos relaxantes, que são garantidos.

Em questões de religiosidade, os balineses são, em sua maioria, hindus. É comum encontrar pelas ruas oferendas aos deuses e celebrações religiosas. Por isso, muitos turistas buscam a ilha como opção para uma viagem mais leve, que ofereça auto conhecimento e até aulas de meditação. Uma boa opção para quem quer conhecer esses lugares é ir ate o Tirta Empul Temple, que conta com uma fonte de água onde rituais de purificação são realizados. Outros locais oferecem também aulas de yoga, perfeitos para quem quer aprender a cultura.

Em Bali, também e legal conhecer os terraços de arroz, que se tornaram verdadeiras paisagens estampadas de Bali. Os mais famosos são os de Jatiluwih e Telalagang.

Falando dos templos, você não pode deixar de conhecer o Tanah Lot, construído no meio do mar, e por isso você só pode visitá-lo em épocas de maré baixa. Outro templo importante é o Uluwatu Temple, o principal da cidade, que está beirando um penhasco e oferece uma vista incrível, principalmente nos finais de tarde. O Uluwatu Temple também oferece uma apresentação de dança belíssima, que vale a pena conferir.

Sobre as praias, as mais famosas são Nusa Dua, Bingin, Praia de Seminyak, Uluwatu, Padang Padang Pura Ulun Danau Bratan e Pura Tanah Lot. Quem está acostumado com as praias brasileiras mais paradisíacas pode se sentir decepcionado com algumas praias de Bali, principalmente pela qualidade da areia e limpeza.

Quem vai para Bali não pode deixar de conhecer as Gili Islands, região onde estão localizadas as praias mais bonitas e mais rústicas de Bali. Para se ter uma ideia, os únicos meios de transporte são bicicleta e cavalos.

Outros passeios válidos em Bali e que vão te deixar no clima da região são o treekking em um vulcão, algumas opções de mergulho e até passeios em elefantes. Essas opções custam entre US$ 60 e US$ 120 por pessoa.

Mas, afinal, quanto custa uma viagem para Bali?

Incluindo a passagem e todos os outros itens, uma viagem de 7 dias para Bali pode ficar entre US$ 1.500 e US$ 3.000 por pessoa, dependendo do estilo de viagem, hospedagem e passeios que você vai fazer nesses dias.

Comparado a muitos outros destinos, Bali é certamente uma escolha que não vai impactar no seu orçamento. E se você ainda aprecia algo digamos, mais exótico, esse é o destino perfeito. Pronto para embarcar?
 

What's Your Reaction?

like
1
dislike
0
love
0
funny
0
angry
0
sad
0
wow
0