Zurique: saiba o que visitar na maior cidade suíça

Zurique é a capital financeira da Suíça e porta de entrada para o país. Conheça suas principais atrações e comece a planejar agora mesmo a sua viagem.

Zurique: saiba o que visitar na maior cidade suíça

Quem vai à Zurique e se depara com a tranquilidade local nem se dá conta de que se trata da maior cidade da Suíça. Localizada ao norte do país, bem próxima à fronteira com a Alemanha, sua língua nativa é o alemão. Como capital financeira é conhecida por sediar alguns dos maiores e mais poderosos bancos do mundo. Talvez seja por isso que aproximadamente um quarto das atividades locais sejam ligadas ao setor financeiro.

Não por menos, já foi eleita por duas vezes a cidade que oferece a melhor qualidade de vida no mundo e tem os salários mais altos da Europa - a renda média no município é de aproximadamente US$ 7 000.

Para nós, brasileiros, a cidade é também a principal rota de entrada para a Suíça, pois é em seu aeroporto que aterrissam os voos diretos da Swiss vindos de São Paulo. O Aeroporto de Zurique é o maior e mais importante do país, um dos mais movimentados da Europa e o melhor do mundo, segundo o prêmio World Airport Awards.

Apesar de pequena, a cidade tem muito a oferecer. Confira abaixo alguns dos “must see” de Zurique e comece a planejar agora mesmo sua viagem para a Suíça com o Viagens.com.br.

Lago de Zurique a partir da Bahnhofstrasse

Um bom lugar para iniciar o passeio pela cidade é a Bahnhofstrasse, uma das ruas mais importantes do comércio de luxo no mundo. Ela começa na estação de trem central e termina no Lago de Zurique, uma caminhada de 1,4 km passando por alguns dos melhores hotéis, restaurantes e lojas da área.

Vale a pena fazer o trajeto inteiro até o lago, onde você encontrará um dos cenários mais bonitos da cidade. Em dias ensolarados é interessante dar uma caminhada pela orla, ou até mesmo fazer um passeio de barco pelo lago. Um dos pontos com a vista mais bonita é o Bürkliterrasse, um pequeno porto com vista para os alpes de onde partem os cruzeiros pelo Lago de Zurique

As igrejas de Niederdorf

Torre da Igreja Fraumünster (Imagem: Unsplash)

Niederdorf é o centro histórico de Zurique que conta com todo charme suíço antigo. A região oferece alguns pontos interessantes para quem curte viver a história através de viagens. Como se trata de uma zona pedonal, é possível vagar tranquilamente sem se preocupar com o trânsito de carros.

O bairro abriga algumas igrejas protestantes antigas e bem interessantes. As mais importantes e icônicas são a Grossmünster e a Fraumünster. Ambas ficam praticamente frente a frente, porém cada uma está localizada de um lado do Limmat, rio que corta a cidade e desemboca no Lago de Zurique.

Rio Limmat com as torres da Igreja Grossemünste atrás (Imagem: Unsplash)

 A primeira foi construída no ano de 1.100 e passou por diversas reformas ao longo dos anos. O grande ponto de interesse são os seus vitrais coloridos e modernos feitos pelo artista alemão Sigmar Polke. Já a Fraumünster conta com arquitetura em estilo românico-gótico, e também se destaca por seus vitrais bíblicos, feitos pelo surrealista russo Marc Chagall.

Um pouco mais distante fica a Igreja Peterskirche, ou Igreja de São Pedro. Ela é conhecida por possuir o relógio com maior diâmetro da Europa.

Liedenhof

Não muito longe das igrejas Grossmünster e Fraumünster está Liedenhof, uma das praças mais visitadas da cidade. Localizada em uma colina onde um dia já houve um forte romano, o local conta com uma vista privilegiada do rio Limmat e dos Alpes Suíços. A caminhada pelas vielas tortuosas até Liedenhof já é um passeio interessante por si só.

Sechseläutenplatz

A praça Sechseläutenplatz fica em frente à Ópera de Zurique, um dos edifícios mais imponentes da cidade. Durante o verão, turistas e cidadãos se se apinham em torno do chafariz principal, enquanto no inverno instala-se ali um mercado de Natal típico da região. Vale a pena visitar em qualquer época do ano.

Museu Kunsthaus

Museu Kunstahaus em Zurique (Imagem: Instagram/Kunsthaus)

Outro passeio imperdível é o Museu Kunsthaus, ou Museu de Belas Artes de Zurique. Ele conta com uma coleção do período gótico, barroco italiano, além de obras suíças, holandesas e flamencas. Em outras palavras, lá você encontra obras de grandes artistas como Monet, Van Gogh, Picasso, Cézzane, Chagall, Rodin, Miró Giambattista Pittoni, Modigliani e Alberto Giacometti. É um dos museus suíços mais importantes e uma das principais coleções de arte renascentista que se encontram no país.

Bairro Züriwest

Viadukt no bairro de Züriwest (Imagem: Instagram/Andre Steffen)

Quem quer conhecer o lado descolado e moderno de Zurique precisa ir até Züriwest, antigo bairro industrial. A cidade não se desfez das estruturas de industrias que um dia funcionaram ali, mas as aproveitaram para repaginar a região. Ali é possível encontrar bares, restaurantes e lojas alternativas.

Um dos locais mais interessantes de visitar na área é o Viadukt. Trata-se de um viaduto construído entre 1891 e 1894 e que já teve diferentes funcionalidades ao longo das décadas. Atualmente conta com uma ponte para pedestres, outra para os trens e lojas bacanas encaixadas nos arcos abaixo.

O Frau Gerolds Garten também é uma boa pedida pra quem procura um bar diferente. Ele funciona ao ar livre e durante o verão vê-se desde festas até hortas comunitárias funcionando por ali. Já no inverno funciona um restaurante coberto por uma lona de circo.

Explore opções de hotéis, passagens aéreas e os melhores preços de aluguel de carros no nosso site de buscas. E não deixe de compartilhar suas dúvidas e experiências nos comentários!

What's Your Reaction?

like
1
dislike
0
love
1
funny
0
angry
0
sad
1
wow
1